• Início

Governo desvaloriza o CCP

logo_ccp1No passado dia 15 de Março a Assembleia da República discutiu os diplomas do Governo, do PSD e do PCP relativos ao Conselho das Comunidades Portuguesas. Como era esperado a maioria absoluta do PS fez lei tendo sido aprovado na generalidade unicamente a proposta do Governo que recebeu os votos contra do PSD, PCP, BE e Os Verdes e a abstenção do CDS/PP.

Intervenção de Bernardino Soares na AR em 15/3/2007

Notícia no Avante de 22/3/2007

Imprimir Email

Brasil: Comemorações dos 86 anos do PCP

20070310_86anospcp_spauloNo dia 10 de Março realizou-se em S. Paulo, no Brasil, uma sessão comemorativa dos 86 anos do PCP que contou com a presença de portugueses emigrados, de brasileiros e de lusodescendentes, de representantes do Partido Comunista brasileiros, do Partido Comunista do Brasil e do Partido dos Trabalhadores, bem como, de representantes do Centro Cultural 25 de Abril e dos movimentos civicos, MR-8 e União da Mulheres de São Paulo.

 

Ler mais

Imprimir Email

Governo obrigado a recuar em Osnabruck

f6O Organismo de Direcção Nacional dos comunistas portugueses emigrados na Alemanha, emitiu um comunicado relacionado com a decisão do Conselho de Ministro quanto à reestruturação consular onde afirmam que o Governo foi obrigado a aceitar a reposição do posto consular de carreira em Osnabrück, embora como vice-consulado. Apesar de não se saber ainda quando tal medidade possa vir a ser concretizada, o seu anúncio deve-se à luta da comunidade portuguesa, a qual nunca aceitou a extinção do Consulado.

Ler mais

Imprimir Email

A luta continua !

20070318_manif_paris_consulados_pcpO Organismo de Direcção do PCP na região de Paris, reunido a 24 de Março no departamento de Seine et Marne, sauda os milhares de portugueses que entenderam, muito justamente, participar em Paris na manifestação do passado dia 18 de Março, convocada pela Coordenação dos Colectivos de Defesa dos Consulados e a Secção de França do Conselho das Comunidades Portuguesas, dando assim na rua uma demonstração inequívoca da sua determinação em continuar a luta até ser retirado da agenda governamental um projecto que a ser aplicado transformaria negativamente a vida a milhares de portugueses e que atenta contra a dignidade dos portugueses na diáspora.

Apelamos à participação dos portugueses no referendo que se vai realizar nos dias 30 e 31 de Março e 1 de Abril nas áreas consulares de Nogent - Versailles - Orleans e Tours, organizado pelos colectivos e pelo Conselho da Comunidade de França.

Apelamos também a comunidade portuguesa a participar no 1° de Maio, com todos os trabalhadores em França, no cortejo que a seu tempo a CGT anunciará.

Imprimir Email

Governo do PS de costas voltadas para as Comunidades Portuguesas

20070304-foto-manif-versalhO dia 15 de Março ficará marcado como um dia fértil em acontecimentos relacionados com a emigração e as comunidades portuguesas, acontecimentos que, pela sua gravidade e importância, foram catapultados para a abertura dos noticiários: por um lado a libertação de trabalhadores em Espanha, pondo novamente em evidencia as condições gravosas em que muitos trabalhadores portugueses emigram, por outro lado a suposta reestruturação consular – transformada, agora, pelo Conselho de Ministros em reforma consular - pondo em evidencia o errado caminho que o Governo do PS persiste em trilhar, quanto às políticas para as comunidades portuguesas.

 

Ler mais

Imprimir Email

PCP apela à participação na manifestação no dia 18 de Março, em Paris

f2O Organismo de Direcção na Região de Paris – ODIRP do PCP, eleito na Assembleia de militantes, realizada no dia 25 de Fevereiro, reuniu no passado dia 9 de Março para traçar um conjunto de medidas com vista ao reforço do Partido. O ODIRP procedeu ainda à análise da situação politica e a ofensiva do Governo PS contra as Comunidades portuguesas, com particular destaque a denominada reestruturação consular. O Organismo de Direcção dos comunistas portugueses na região de Paris apela à participação na manifestação promovida pelos Colectivos de Defesa dos consulados que irá decorrer no próximo domingo, em Paris, da République à Bastille. Uma delegação do PCP composta por João Armando do Comité Central e Jorge Machado, Deputado na Assembleia da República, estará presente nesta jornada de luta.  

Ler mais

Imprimir Email

Assembleia da República discute alterações à Lei do CCP

logo_ccp1No dia 15 de Março a Assembleia da República irá discutir em Plenário as alterações à actual Lei do Conselho das Comunidades Portugesas.
A par da Proposta de Lei 72/X, apresentada pelo Governo, e do Projecto de Lei 137/X do PSD, estará também em dabate o projecto de Lei 144/X do PCP que propõe a criação dos órgãos representativos dos portugueses residentes no estrangeiro.
As últimas eleições para o CCP realizaram-se a 30 de Março de 2003, o mandato tem a duração de 4 anos, as próximas eleições já deviam estar marcadas mas o Governo tem condicionado a sua marcação às alterações à actual Lei.

Imprimir Email

Manifestação em Bruxelas: Contra a guerra e pela paz no Médio-Oriente

logo-86-anos-pcp-2-corA organização do PCP na Bélgica divulgou um comunicado a saudar a luta dos trabalhadores em Portugal e na Emigração contra a política de direita do Governo PS. Sauda ainda a importante vitória do Sim à despenalização da interrupção voluntária da gravidez.   Os comunistas portugueses na Bélgica apelam à participação da comunidade portuguesa residente na Bélgica nas seguintes iniciativas que terão lugar em Bruxelas.

Domingo, 18 de Março, na manifestação Contra a guerra e pela paz  no Médio-Oriente, com concentração na Gare do Norte  às 14 horas.

Na manifestação do  1.º de Maio  com concentração às 15 horas no Parvis de St. Gilles e  termina com um convívio junto do Garcia Lorca, Rue des Foullons.

 

Ler mais

Imprimir Email

A luta continua! … com a manifestação nacional em Paris, no dia 18 de Março

20070304-foto-manif-versalhMilhares de portugueses concentraram-se ou desfilaram no passado domingo, dia 4 de Março, frente aos consulados portugueses em França que o Governo do PS ameaça encerrar ou despromover. Foram 4000 em Orléans, mais de 1000 em Versailles, cerca de 800 em Nogent, 400 em Lille e 300 em Nantes.

A comunidade portuguesa está determinada em fazer recuar o Governo. António Fonseca, do Conselho da Comunidade Portuguesa de França e do Colectivo que coordena estas acções, declarou à Lusa que “as populações estão mobilizadas para irem até ao fim na contestação aos encerramentos apresentados pelo Governo”.

Ler mais

Imprimir Email

Mais artigos...