• Início

Governo obrigado a recuar em Osnabruck

f6O Organismo de Direcção Nacional dos comunistas portugueses emigrados na Alemanha, emitiu um comunicado relacionado com a decisão do Conselho de Ministro quanto à reestruturação consular onde afirmam que o Governo foi obrigado a aceitar a reposição do posto consular de carreira em Osnabrück, embora como vice-consulado. Apesar de não se saber ainda quando tal medidade possa vir a ser concretizada, o seu anúncio deve-se à luta da comunidade portuguesa, a qual nunca aceitou a extinção do Consulado.

Ler mais

ImprimirEmail

A luta continua !

20070318_manif_paris_consulados_pcpO Organismo de Direcção do PCP na região de Paris, reunido a 24 de Março no departamento de Seine et Marne, sauda os milhares de portugueses que entenderam, muito justamente, participar em Paris na manifestação do passado dia 18 de Março, convocada pela Coordenação dos Colectivos de Defesa dos Consulados e a Secção de França do Conselho das Comunidades Portuguesas, dando assim na rua uma demonstração inequívoca da sua determinação em continuar a luta até ser retirado da agenda governamental um projecto que a ser aplicado transformaria negativamente a vida a milhares de portugueses e que atenta contra a dignidade dos portugueses na diáspora.

Apelamos à participação dos portugueses no referendo que se vai realizar nos dias 30 e 31 de Março e 1 de Abril nas áreas consulares de Nogent - Versailles - Orleans e Tours, organizado pelos colectivos e pelo Conselho da Comunidade de França.

Apelamos também a comunidade portuguesa a participar no 1° de Maio, com todos os trabalhadores em França, no cortejo que a seu tempo a CGT anunciará.

ImprimirEmail

Governo do PS de costas voltadas para as Comunidades Portuguesas

20070304-foto-manif-versalhO dia 15 de Março ficará marcado como um dia fértil em acontecimentos relacionados com a emigração e as comunidades portuguesas, acontecimentos que, pela sua gravidade e importância, foram catapultados para a abertura dos noticiários: por um lado a libertação de trabalhadores em Espanha, pondo novamente em evidencia as condições gravosas em que muitos trabalhadores portugueses emigram, por outro lado a suposta reestruturação consular – transformada, agora, pelo Conselho de Ministros em reforma consular - pondo em evidencia o errado caminho que o Governo do PS persiste em trilhar, quanto às políticas para as comunidades portuguesas.

 

Ler mais

ImprimirEmail

Mais artigos...