• Início

Trabalhadores Consulares no Brasil em greve

20170314 brasil lutas trab consularesIniciou-se ontem a greve de 4 dias dos trabalhadores dos postos diplomáticos e consulares de Portugal no Brasil. Esta greve, que se prolonga até 16 Março, tem como objectivo lutar contra o pagamento dos salários destes trabalhadores em reais, moeda que se tem vindo a desvalorizar, com evidente degradação da sua situação económica e social.

Esta decisão, foi tomada unilateral em 2013, pelo ministério dos Negócios Estrangeiros da altura e, segundo fontes sindicais, só a falta de vontade política impediu que “as tabelas continuassem a ser calculadas em euros, fazendo-se depois a conversão para o real”. O conflito, que abrange 80 trabalhadores, já originou 60 processos judiciais contra o Estado português, com pedidos de indemnização na ordem de nove milhões de euros”, conforme informação do Sindicato dos Trabalhadores Consulares e das Missões Diplomáticas.

Attachments:
Download this file (pg3433-xiii-2.pdf)pg3433-xiii-2.pdf[ ]796 kB

Ler mais

ImprimirEmail

O PCP SOLIDÁRIO COM A COMUNIDADE PORTUGUESA NO REINO UNIDO

20170309 reino unidoO Reino Unido continua a ser considerado pelos portugueses, sobretudo jovens, o primeiro destino de emigração.

 Os dados mais recentes revelam que, em 2016, apesar de uma queda de 5% em relação a 2015, a que não é alheio o Brexit, registaram-se na Segurança Social deste país 30.543 portugueses. Estão inscritos nos consulados de Londres e de Manchester cerca de 300 mil portugueses, mas calcula-se que a comunidade portuguesa esteja perto das 500 mil pessoas.

Ler mais

ImprimirEmail

96º Aniversário do PCP em Neuchâtel - Suíça

20170304 96Aniv pcp-Neuchatel-SuicaNo passado sábado, dia 4 de Março, o Núcleo do PCP de Neuchâtel/Suíça, organizou um jantar para festejar os
96 anos do PCP.
Os mais de 40 convivas, camaradas e amigos, passaram uma noite muito agradável, ouvindo com atenção e interesse as intervenções políticas dos camaradas Manuel Alho e São Belo, sobre as posições do Partido em relação à situação em Portugal, sublinhando a
sua força e integridade na defesa dos mais desfavorecidos, contra as injustiças sociais e na luta  por uma alternativa patriótica e de esquerda que retire Portugal do caminho do abismo e que defenda e respeite os interesses dos emigrantes.

Ler mais

ImprimirEmail

Mais artigos...