Comemoração do 98º Aniversário do PCP em Boudry, Neuchâtel, na Suiça

Publicado em

No passado sábado, 2 de Março, militantes e simpatizantes comunistas na Suíça reuniram-se para comemorar o 98º aniversário do PCP em Boudry, cantão de Neuchâtel.

20190302 aniv pcp 98 neuchatelA principal intervenção esteve a cargo da camarada São Belo do ODN, que recordou a trajectória singular do PCP de luta pela democracia durante a ditadura fascista em Portugal. O discurso prestou homenagem a todos os militantes comunistas assassinados pelo fascismo, cujo contributo pela construção de um país melhor nunca será esquecida. O evento comemorou também a figura de Bento Gonçalves, já que a data coincidiu com o aniversário do antigo Secretário-Geral do PCP, falecido no campo de concentração do Tarrafal.


Foram sublinhados momentos chave da história combativa do partido, desde a sua criação, passando pela famosa fuga de Peniche, até à Revolução de Abril, que celebra o 45º aniversário este ano. Foram relembradas as conquistas da revolução, como a reforma agrária e a Constituição da República, e a rápida ofensiva contra-revolucionária para as travar.

No contexto actual, de crescimento de forças de direita e extrema-direita na Europa e no mundo, o encontro serviu para recordar o papel fundamental do PCP na luta contra as políticas de direita do governo PSD/CDS-PP. Foi a intervenção comunista que permitiu nos últimos anos uma reposição, ainda que limitada, de direitos e rendimentos. Um exemplo recente foi o aumento do salário mínimo nacional para 600€, ainda que abaixo dos 650€ propostos pelo PCP.

Finalmente, a camarada salientou que em 2019 se prevêem três actos eleitorais para portugueses residentes no estrangeiro: eleições para o Parlamento Europeu, para a Assembleia da República e para o Conselho das Comunidades Portuguesas, e nas quais um reforço da PCP/CDU é fundamental para ir mais longe na luta pelos direitos dos trabalhadores e do povo.

Imprimir