100 anos Revolução Outubro

2017 logo centenario revolucao outubro cor

Newsletter

Assinar Newsletter


Receber em HTML?

PCP na Festa do L'Humanité e na Manifiesta

20170917 festa d humaniteINTERNACIONALISMO O PCP participou recentemente na Festa do L'Humanité, em França, e na Manifiesta, na Bélgica.

A 82.ª Festa do L'Humanité, realizada em Paris entre 15 e 17 de Setembro, teve como lema «Liberdade, Justiça e Paz». Em representação do PCP esteve Rosa Rabiais, da Comissão Central de Controlo. Na Village du Monde, espaço destinado às delegações internacionais, o pavilhão do PCP marcou uma vez mais a sua presença política e gastronómica.

A exposição sobre o Centenário de Revolução de Outubro e a distribuição de uma edição especial do Avante!, ambos em francês, possibilitaram o contacto com centenas de participantes na festa, esclarecendo acerca do posicionamento do PCP na nova fase da vida política em Portugal. O espaço político contou ainda com uma banca de livros e materiais do PCP e da Festa do Avante!, bastante procurada e apreciada pelos visitantes da festa, tal como a vertente gastronómica.

Durante os três dias da festa do L'Humanité, o PCP e a sua luta receberam múltiplas manifestações de simpatia e solidariedade.

Na cidade belga de Bredenne teve lugar, entre os dias 16 e 18, a Manifiesta, promovida pelo jornal do Partido do Trabalho da Bélgica, Solidaire, e pela rede Médicine pour le Peuple,que este ano se prolongou por mais um dia e que, segundo a organização, recebeu mais de 19 mil visitantes. A convite do Partido do Trabalho da Bélgica, o PCP esteve representado com um pavilhão na zona internacional, onde exibiu uma exposição relativa à Festa do Avante! e ao XX Congresso do Partido, realizado há menos de um ano.

No espaço do PCP, animado por elementos da Organização do PCP na Bélgica e do gabinete de apoio aos deputados no Parlamento Europeu, os visitantes tinham também acesso a um Avante! especial, traduzido para francês, com textos sobre a situação nacional, o centenário da Revolução de Outubro e a intervenção do Partido na Emigração portuguesa, e a produtos típicos, como o vinho do Porto e os pastéis de nata.