100 anos Revolução Outubro

2017 logo centenario revolucao outubro cor

Newsletter

Assinar Newsletter


Receber em HTML?

A Festa Nacional dos comunistas portugueses na Suiça deu mais força ao PCP

O regozijo pelos resultados eleitorais alcançados pela CDU nas eleições de 25 de Maio animou ainda mais os comunistas portugueses na Suíça, que realizaram no dia 8 a sua já tradicional Festa-Convívio Nacional, a qual reuniu em Valeyres-sous-Rances cerca de centena e meia de pessoas. Intervindo em nome do Organismo de Direcção, Manuel Alho lembrou mais uma vez que na Suíça são os comunistas os mais intervenientes na defesa dos interesses dos emigrantes portugueses, bem como na luta pelo bom funcionamento dos consulados e contra a destruição do ensino do Português. Para que todas estas lutas tenham mais força, o dirigente comunista exortou os presentes a apoiarem o PCP, fazendo votos para que em próximas eleições se possa eleger um deputado da CDU pela Emigração.

Presente na Festa esteve Jorge Pires, da Comissão Política, que teve oportunidade de conversar com muitos dos presentes sobre as razões que levam cada vez mais portugueses a emigrar, ficando Portugal privado de uma das suas maiores riquezas, os seus trabalhadores. Na sua intervenção, o membro da Comissão Política sublinhou o papel fundamental do PCP e da CDU na acção quotidiana em defesa dos valores e ideais de Abril, da Constituição da República e, fundamentalmente, na defesa dos trabalhadores portugueses, vítimas das políticas de direita dos sucessivos governos dos partidos que apoiaram a troika, PSD e CDS, mas também o PS.

As referências de Jorge Pires ao aumento da votação na CDU e à eleição de mais um deputado no Parlamento Europeu foi recebida pelos participantes na Festa com grande entusiasmo, pois os comunistas portugueses na Suíça também contribuíram para esse resultado.

Nesta Festa Nacional do PCP estiveram presentes elementos do Partido Suíço do Trabalho e do Partido Comunista Turco.