100 anos Revolução Outubro

2017 logo centenario revolucao outubro cor

Newsletter

Assinar Newsletter


Receber em HTML?

Em França comemora-se os 93 anos anos do PCP

No passado dia 9 Março a Organização do PCP em França reuniu camaradas e amigos no restaurante Le Camelo em Aulnay-Sous-Bois para celebrar o 93º aniversário do Partido Comunista Português.
Num ano que se avizinha particularmente atarefado, onde se comemorará o 40º aniversário do 25 de Abril e onde as Eleições Europeias assumirão um papel central na actividade do PCP, a Organização não deixou de celebrar o aniversário do Partido em redor da gastronomia portuguesa neste conhecido restaurante e ponto-de-encontro da comunidade na região de Paris.
A camaradagem e a boa disposição imperaram mas também se falou inevitavelmente dos problemas que presentemente assolam Portugal. Rosa Rabiais, do Comité Central do PCP, endereçou umas breves palavras aos presentes sobre a situação actual do nosso país, situação essa da responsabilidade dos partidos que invariavelmente se revezam na governação em Portugal e que assinaram o Pacto com a Troika estrangeira: PS, PSD e CDS.

A dirigente comunista relembrou que a situação de austeridade se está a tornar insustentável, com os cortes nos salários e nas pensões já conhecidos a tornarem a vida das famílias e dos trabalhadores cada vez mais difícil, sendo muitos deles, com ou sem qualificações, obrigados a emigrar na busca por condições de vida dignas e muitos caindo em situações de exploração em países que não conhecem. Rosa Rabiais referiu também que os últimos dados da dívida apontam já para valores de 130% do PIB e apontou que o caminho de saída desta situação passa pela “renegociação da dívida quanto a montantes e prazos de pagamento e a rejeição da sua parte ilegítima” bem como pela “aposta na produção nacional e na valorização dos salários e das pensões dos trabalhadores e das famílias”.
A dirigente pediu também aos presentes o seu contributo militante para as batalhas anunciadas para o ano de 2014, sobretudo para as Eleições Europeias, sublinhando que num quadro onde Portugal perde um deputado em relação às últimas eleições, só com um reforço da CDU poderá Portugal começar a reconquistar a sua soberania e a voltar aos valores que a Revolução de Abril gravou na Constituição da República Portuguesa.

 

Fotos do 93ª Aniversário do PCP na Emigração >>>