Comunicado do Organismo de Direcção Nacional do PCP na Suíça

logo_pcp_emigracao1 - O Organismo de Direcção Nacional (ODN) do PCP na Suíça analisou, em recente reunião, a situação política nacional e chegou à triste conclusão que o Governo PSD/CDS quer, efectivamente, destruir o ensino do Português no estrangeiro. A atitude claramente reaccionária e demagógica do Secretário de Estado José Cesário que, em Genebra, disse com clareza que não há nada a fazer, que se tem que economizar neste sector e por isso os 50 professores são despedidos (o que leva ao encerramento de muitos cursos e por consequência a que muitas crianças Portuguesas fiquem sem aulas), é bem reveladora de como este governo vê a expansão da Língua e da Cultura Portuguesa.

2 - O ODN analisou a vinda do Secretário de Estado José Cesário a Genebra e considera que esta foi rodeada de muita complexidade e prova o desrespeito pelas instituições locais. De facto as autoridades Portuguesas locais não sabiam da visita, o Movimento Associativo e os eleitos do CCP não foram avisados. Nesta reunião, com pessoas mais ou menos escolhidas, o Secretário de Estado disse, hipocritamente, que vinha auscultar a opinião da nossa comunidade. Como é que se ausculta a opinião com as decisões tomadas, com o despedimento dos 50 professores o que leva à anulação de muitos cursos? O Sr. Cesário disse ainda mais: que os Países de acolhimento têm que assumir a sua responsabilidade. O que quer isto dizer? Que o governo de Portugal não quer ser responsável pelo ensino do português no estrangeiro e que não quer respeitar o artigo 74º da Constituição da República, que nos dá esse direito.

3 - O Organismo de Direcção Nacional do PCP na Suiça, na sequência da análise feita à situação do ensino do Português no estrangeiro, irá empenhar-se na mobilização das comissões de Pais, dos professores e dos Pais dos alunos da escola Portuguesa para um Encontro, a agendar no mês de Fevereiro de 2012, em que será aprofundada a situação do EPE e as medidas que, no seu entender, são vitais para a defesa e expansão da Língua e Cultura Portuguesa.

4 - O ODN analisou também, e como consequência das medidas economicistas deste governo, a degradação dos serviços consulares e a agudização da situação económica dos seus trabalhadores, resultante da redução drástica dos seus salários.

5 - O ODN do PCP manifesta a sua solidariedade para com as comunidades portuguesas que, tal como na Suiça, lutam em defesa do seu direito a serviços públicos de qualidade no Ensino do Português e nos serviços dos Consulados.

Organismo de Direcção Nacional do PCP na Suiça

Neuchâtel, 21 de Dezembro de 2011

Contacto, Manuel Alho

Tm. 0041792069619

Imprimir Email